Vídeos produzidos por Minibus Media

Loading...

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Ronaldinho motiva torcida guineense


A contrataçao de Ronaldinho Gaucho pelo Flamengo causou comoção entre os flamenguistas guineenses. O jogador é bastante conhecido na Guine-Bissau, principalmente por sua atuacao em equipes do futebol europeu, que é divulgado pela imprensa local. ^Agora o Fla sera lembrado por ser a equipe por onde o imperio do amor com muito samba ja passou^, comenta Nuno Mancabú, do Flamengo da Tchada, em alusao aos jogadores Adriano, Vagner Love e Ronaldinho Gaucho.

As negociacoes para a contratacao de Ronaldinho foram acompanhadas por algumas noticias nas radios e, principalmente, pelo noticiario da TV Record Internacional. Também motivaram ainda mais a uniao da vizinhança que, se antes ficava entretida e, principalmente, dividida entre a torcida para o Benfica, o Sporting e o Porto, equipes do futebol portugues, agora esta unida em torno do Flamengo.

No dia do anuncio da contratacao de Ronaldinho Gaucho, o estudante Decalian Insali, de 24 anos, conhecido como NBA, ficou ate as 2h da manhã no horario local acompanhando o noticiario da TV. Quando a noticia foi dada, ele nao se conteve e foi ate a casa de Rodrigues para avisa-lo. Barrado no primeiro momento pelo guarda, a senha foi dizer que trazia noticias do Flamengo. ^Falei que tinha um assunto importante sobre o Flamengo. Dai o guarda liberou minha entrada^, lembra ele, que subiu as escadas que dao acesso a casa de Rodrigues gritando ^o gajo é nosso!^.

Para comemorar a contratacao, os moradores do bairro da Tchada, em Bissau, desfilaram pela rua principal com a faixa ^Ronaldinho, Guiné-Bissau é Mengao. Estamos contigo.^ O guarda Pedro Na M’berra, conhecido como Baiao, de 24 anos, foi um deles. Desde que ganhou ^o manto sagrado^ vai ao trabalho todos os dias com a camiseta do Flamengo por baixo do uniforme. A tradicao é mantida por dois de seus colegas. Um deles, inclusive, foi multado pelo dono da empresa no equivalente a cinco reias, pois um dia foi trabalhar apenas com a camisa de futebol. Será que tudo isso vale a pena? Baiao define de forma simples a razao do fanatismo: ^escolhi uma equipe da cor do meu sangue e da minha pele. Sou Fla, Fla, Flamengo! Rubro-negro, estou contigo ate a morte^.

Um comentário:

José Sousa disse...

Penso que é a primeira vez que venho até seu espaço. O que li, aqui, gostei e vou ser seu seguidor. Seja meu também em:

www.congulolundo.blogspot.com
www.minhalmaempoemas.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração e tudo de bom.